Candidatos à presidência possuem imóveis?

Curiosos após a divulgação patrimonial dos candidatos, realizamos um estudo para saber qual a relevância dos imóveis no patrimônio e, como você pode ver a seguir, 11 dos 13 candidatos (85%) têm algum bem que pode ser considerado imobilizado, sendo que 6% do patrimônio total dos candidatos está em imóveis, ou seja, 52 dos 833 milhões de reais declarados.

Quando tiramos os dois candidatos de maior patrimônio (que distorcem as estatísticas pois a riqueza veio do mercado financeiro e imóveis/fundos imobiliários podem estar inseridos nas estruturas declaradas), a participação dos imóveis sobe para 16%:

candidatos

O percentual pode parecer baixo, mas ressaltamos ainda que esses números não refletem a real participação dos imóveis, pois o valor declarado é o valor do imposto de renda, certamente muito inferior ao valor de mercado.

Além disso, provavelmente existe patrimônio imobilizado dentro das participações societárias declaradas pelos candidatos mais abonados, e também pode haver fundos imobiliários compondo o patrimônio dos ativos financeiros listados no site do TSE.

Reforçamos o caráter informativo desse artigo (SEM NENHUM INTUITO ELEITORAL), alinhado aos nossos princípios de isenção e ao compromisso de disseminarmos conhecimento puramente técnico.

Forte Abraço!

*No estudo, foi considerado como “patrimônio imobiliário”: casas, apartamentos, terrenos, benfeitorias, terras, salas comerciais, salas/conjuntos…

Receba conteúdos exclusivos grátis!
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
Participe do nosso "clube" de pessoas interessadas em receber informações relevantes em primeira mão
PS: também odiamos spam, portanto enviamos conteúdos realmente relevantes 😉

Deixe uma resposta